jQuery
Brasil

Rio cria canal exclusivo para turista reclamar sobre produtos e serviços

abril 8, 2013

O Procon Carioca anunciou nesta quinta – feira, durante a primeira reunião da Câmara Técnica Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor Turista e de Grandes Eventos, como antecipado pelo GLOBO, que brasileiros e estrangeiros terão um canal exclusivo para registrar queixas sobre produtos e serviços em hotéis, restaurantes, aeroportos, entre outros.

O atendimento será feito pela equipe do 1746 — por telefone, site ou aplicativo no celular — e estará disponível antes da final da Copa das Confederações, programada para 30 de junho no Maracanã.

A equipe do Procon Carioca, que atualmente encaminha queixas a empresas de comércio eletrônico, bancos e planos de saúde, receberá treinamento especial para a nova função. O turista tem necessidades muito específicas. E no Rio, ele já deixou de ser um consumidor eventual.

A ideia da câmara técnica é articular todos esses órgãos municipais e parceiros para buscar a solução dos problemas. Vamos construir tudo isso em conjunto, porque somos um procon que aposta na mediação, não na blitz, na briga… — disse a secretária municipal de Defesa do Consumidor, Solange Amaral. E em 15 dias começaremos a distribuir nos locais onde há grande circulação de turistas, como rodoviária, aeroportos e consulados, um guia com os direitos do consumidor — acrescentou.

Câmara terá participação de empresas

A ideia foi bem recebida pelos representantes de entidades como Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan), Fecomércio e do setor de hotéis, bares e restaurantes que, durante o encontro, sugeriram a participação de outros segmentos da indústria do turismo, como agências de viagens e promotores de eventos de negócios. Pelo sistema 1746, as empresas têm acesso às reclamações que são registradas e respondem aos consumidores, informando as medidas que estão sendo tomadas para resolver o problema.

A adaptação para atender ao consumidor turista terá o apoio do modelo já adotado pela Riotur. A Riotur já mantém um atendimento trilingue, par a esclarecer as dúvidas do turista. O serviço poderá ser usado para cadastrar problemas de setores específicos.

Esse modelo de atendimento que utilizamos no 1746 agiliza o contato do consumidor com os fornecedores de produtos e serviços. Mas nós fazemos a intermediação. A resposta da empresa só chega ao consumidor depois que aprovamos, informou Pablo Cerdeira, subsecretário do Procon Carioca A Câmara Técnica de Defesa do Consumidor Turista também irá estudar a criação de um tipo de “gabinete de crise”, grupo formado para responder rapidamente a situações de emergência a problemas de consumo envolvendo turistas.

O trabalho integrado dos órgãos municipais e as instituições parceiras continuará sendo realizado após os grandes eventos programados para acontecer no Rio, sendo incorporado e adaptado ao calendário de eventos habitual da cidade, como o réveillon e carnaval.

Compartir noticia por email:
Fuente: Globo on line / SNEA

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews