jQuery
Brasil

Obras não eliminam problemas no aeroporto de Ribeirão, diz Promotoria

Mayo 2, 2013

No dia em que a Prefeitura de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) anunciou um viaduto para permitir a ampliação da pista do aeroporto, a Promotoria disse que uma vistoria confirmou que, com ou sem deslocamento da pista de pouso e aterrissagem, o Leite Lopes seguirá sem se adequar às normas de segurança e de urbanização.

É o que afirma o promotor Antônio Alberto Machado, que vai apresentar à Justiça uma ação civil pública pedindo que o Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), responsável pelo aeroporto, faça adequações.

Para a Promotoria, antes do início das obras de internacionalização do aeroporto é necessário, por exemplo, fazer um novo estudo da curva de ruído no Leite Lopes.

O último relatório, de 2008, feito após acordo judicial entre o Daesp e a Promotoria, é visto por ele como obsoleto, já que em 2011 a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) modificou a resolução que regulamenta o assunto.

Machado irá solicitar também um estudo do impacto que as obras poderão causar. Outro pedido é para que sejam respeitadas a zona de proteção aeroportuária, ameaçada pelos prédios que cercam as laterais da pista.

“Fizemos [ontem] visita técnica e constamos que o projeto de deslocamento da pista, bem como do alargamento do aeroporto, estão em confronto com a legislação urbanística e aeroportuária. Não estou ameaçando as atividades do Leite Lopes, mas exigindo adequações.”

As obras de expansão da pista e ampliação da zona de segurança são consideradas cruciais para o processo de internacionalização.

Um dos objetivos é ampliar a pista de pouso, que passaria a ter 2.100 metros utilizáveis, medida que possibilita a aterrissagem e a decolagem de aviões cargueiros.

Oficialmente, a pista já possui 2.100 metros mas, por segurança, a área útil foi reduzida a 1.700 metros.

Ontem, a prefeitura disse que a avenida Thomaz Alberto Whateley será rebaixada em túnel para viabilizar a expansão, após reunião entre a administração e o Daesp.

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www1.folha.uol.com.br/

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews