jQuery
Brasil em Portugues

Aeroporto de Brasília ganha voo direto e diário para Buenos Airesganha voo direto e diário para Buenos Aires

mayo 29, 2013

Nova rota passa a funcionar em julho; voos ocorrerão durante madrugada.
Terminal também vai ganhar 56 voos nacionais nos próximos meses.

O governo do Distrito Federal anunciou nesta segunda-feira (27) que o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek , em Brasília,
vai ganhar um voo direto e diário para Buenos Aires a partir de julho. De acordo com a Inframerica, os voos saem às 1h55 com
destino a capital argentina, com previsão de chegada no Aeroporto Internacional Ministro Pistarin às 5h50.
A Inframerica informou ainda que o trecho inverso, partindo do terminal argentino, está marcado para às 21h45 da noite, com
chegada prevista para 1h15 da manhã em Brasília. A rota será operada pela Austral, uma subsidiária da Aerolíneas Argentinas.
De acordo com a Secretaria de Turismo, a Argentina é o país da América do Sul que mais envia turistas para Brasília. Entre as
atrações da capital brasileira está a arquitetura.
Buenos Aires será o sétimo destino internacional a ter voos sem conexões para o aeroporto de Brasília, que opera voos para
Miami e Atlanta, nos Estados Unidos; Lisboa, em Portugal e Cidade do Panamá, no Panamá. O terminal tem, ainda, um voo que
liga diretamente o Brasil à Costa Rica e à Colômbia, através de suas capitais San José e Bogotá.
Previsão de 56 novos voos
O Aeroporto JK terá nos próximos meses 56 novos voos nacionais, entre voos extras, novas rotas e retomada de voos antigos,
informou a Associação das Empresas Aéreas Brasileiras (Abear). Desses novos voos, 22 serão para atender o público que
vem à capital para a Copa das Confederações, que começa no dia 15 de junho, com o jogo Brasil x Japão.
Segundo a Abear, a Azul implantará 22 novos voos durante a Copa das Confederações e outros 12, entre frequências diárias e
temporárias. A Gol retomará duas rotas desativadas, entre Brasília e Campo Grande, e a TAM colocará 20 voos no mês de julho,
de férias.
A Abear não indicou quantos passageiros o aeroporto de Brasília deve receber a mais por causa do crescimento no número de
voos na capital.

Compartir noticia por email:
Fuente: G1

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews