jQuery
Brasil

A 100 dias da Copa, Cuiabá ainda não conseguiu concluir as principais obras

Marzo 5, 2014

A contagem regressiva de 100 dias para a Copa do Mundo deste ano representa para Cuiabá a corrida final para inaugurar obras essenciais à realização do evento. Escolhida em maio de 2009 para sediar quatro jogos da Fifa, a capital mato-grossense teve mais de cinco anos para se preparar, mas o governo estadual deverá entregar somente de última hora empreendimentos básicos para o torneio (estádio, centros de treinamento, Fan Fest e ampliação do aeroporto), deixando a maior parte das 56 obras prometidas para depois, a título de “legado”, como a construção bilionária – e atrasada – do metrô de superfície Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Além de não ter concluído projetos fundamentais para a Copa, a região metropolitana de Cuiabá ainda convive com uma paisagem toda marcada por inúmeros canteiros de obras. Motoristas têm de enfrentar buracos e interdições devido às construções em andamento, localizadas nos trechos principais que um visitante deve percorrer ao chegar, como as regiões do aeroporto, da ponte sobre o Rio Cuiabá, o centro da cidade e as avenidas mais movimentadas. Apesar de tudo isso, o secretário Maurício Guimarães, da Secopa, afirma que Cuiabá já está 90% preparada para o evento.

Aeroporto
A 100 dias da Copa, o passageiro que chegar ao aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, ainda não dispõe de uma estrutura adequada. O espaço do estacionamento está comprimido pelas obras de ampliação do terminal, que limitaram embarque e desembarque à estrutura antiga do aeroporto.

Em janeiro, o ministro da Aviação Civil, Wellington Moreira Franco, demonstrou preocupação com o ritmo das obras para a Copa e cobrou celeridade. Em fevereiro, ele deu um voto de confiança para os trabalhos no local. Na ocasião, a Infraero afirmou que as obras estavam 85% concluídas para o fluxo de turistas da Copa.

Estádio e COTs
Com sua primeira partida da Copa marcada para o dia 13 de junho, o estádio Arena Pantanal também não foi entregue ainda e já descumpriu cinco prazos de entrega anunciados pelo governo – o primeiro foi dezembro de 2012. Agora, a Secopa diz que as obras estão 97% avançadas e as traves já foram instaladas no campo para um jogo de abertura em abril, entre Mixto e Santos. Porém, ainda falta a instalação de 31 mil assentos até o fim de março.

Os dois Centros Oficiais de Treinamento (COTs) prometidos para a Copa – o da Barra do Pari, em Várzea Grande, e o da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá – também seguem inconclusos. Seus respectivos prazos de entrega eram outubro e dezembro de 2013, ambos descumpridos. O governo alega dificuldades com as chuvas e evita falar em percentual de obras concluídas, mas promete ambas para o final de abril.

Fan Fest
Exigido pela Fifa para a realização da Copa, o Fan Fest é um espaço de entretenimento para torcedores que não puderem assistir aos jogos no estádio. Sua construção tem local marcado em Cuiabá, o Parque de Exposições Jonas Pinheiro, no Bairro Dom Aquino, mas a licitação foi cancelada em janeiro. Segundo a Secopa, o motivo foi a…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2014/03/100-dias-da-copa-cuiaba-ainda-nao-concluiu-principais-obras.html

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews