jQuery
Brasil

Aviação regional de São Paulo terá investimentos federais de R$ 360,5 milhões

marzo 25, 2014

O governo federal vai investir R$ 360,5 milhões , por meio do Programa de Investimento em Logística, para revitalizar a aviação regional de São Paulo, informou nesta terça-feira (25) a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC-PR).

O estado tem 19 aeródromos, que receberão investimentos para reforma e reestruturação. Serão beneficiados aeroportos em Araçatuba, Araraquara, Barretos, Bauru e Arealva, Botucatu, Fernandópolis, Franca, Guaratinguetá, Guarujá, Marília, Ourinhos, Piracicaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Rio Claro, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Diversos terminais de São Paulo já recebem vôos regulares e serão transformados em polos regionais, como Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Bauru, Ribeirão Preto, São José dos Campos e Araraquara

Campinas não entra na aviação regional, pois o Aeroporto de Viracopos está integrado ao tráfego aéreo das grandes capitais do País e recebe até vôos internacionais, explica Marcio Maffili Fernandes, diretor do Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa) – destinado ao melhoramento, reaparelhamento, reforma e expansão de aeroportos e aeródromos de interesse estadual ou regional.

Região Sudeste

O investimento federal total na região Sudeste totalizará R$ 1.625,9 bilhão, segundo a SAC. A região conta com 65 aeroportos espalhados por quatro estados. Dois novos aeroportos serão construídos, um em Ouro Preto (MG) e outro em Nova Friburgo (RJ). Os demais serão reformados.

São Paulo tem o maior número de equipamentos (19). Em seguida vem Minas Gerais, com 33 terminais, que terão recursos da ordem de R$ 815,5 milhões. O Rio de Janeiro terá R$ 273,4 milhões para investir em nove equipamentos e o Espírito Santo receberá R$ 176,6 milhões para aplicar em quatro aeroportos.

Polos regionais

Além dos pólos regionais em São Paulo, Minas terá como pólos Uberlândia, Montes Claros e Juiz de fora. No Rio de Janeiro os pólos ficarão situados nas cidades de Cabo Frio, Macaé e Campos dos Goitacazes.

Não estão previstos pólos no Espírito Santo nesta primeira fase do programa, mas o aeródromo de Cachoeiro do Itapemirim tem maior vocação para exercer essa função. .
Outras cidades beneficiadas na região Sudeste

Minas Gerais receberá investimentos para os terminais de Araxá, Barbacena, Caxambu, Diamantina, Divinópolis, Goianá, Governador Valadares, Ituiutaba, Jaíba, Janaúba, João Pinheiro, Juiz de Fora, Montes Claros, Muriaé, Ouro Preto, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Pirapora, Piumhi, Poços de Caldas, Ponte…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2014/03/aviacao-regional-de-sao-paulo-tera-investimentos-federais-de-r-360-5-milhoes

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews