jQuery
Brasil

Iniciativas do setor sustentam aviação em abril e demanda avança 3,1%

mayo 25, 2015

Ajustes de malhas aéreas e estratégias de promoção comercial contribuem para manter níveis de atividade ante retração de público corporativo percebida desde a segunda metade de 2014

A demanda por viagens de avião dentro do país avançou 3,09% em abril em relação ao mesmo mês do ano passado. Uma parcela de 80,94% da capacidade doméstica (fator de aproveitamento3) disponibilizada pelas companhias aéreas nacionais foi absorvida pelo mercado – desempenho 1,4 ponto percentual acima do registrado no ano anterior. No mês, a oferta1 foi levemente ampliada em 1,31% na mesma base de comparação. As estatísticas correspondem à consolidação dos dados operacionais das integrantes da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), integrada por AVIANCA, AZUL, GOL e TAM.

“Tal desempenho tem sido possível pela atuação direta das companhias para manter os voos ocupados em um ambiente de menor disposição para o consumo”, aponta o presidente da ABEAR, Eduardo Sanovicz. “Cada empresa segue sua estratégia, mas de maneira geral isso corresponde a dizer que o setor tem praticado preços muito atrativos, abaixo da média de um ano atrás, para captar os clientes que, de outra forma, desistiriam das viagens”, prossegue. “As informações que recebemos das empresas é que se nota alguma reação do público corporativo, mas ainda aquém do normal”, acrescenta. “Então, se pelo lado das receitas do setor o que descrevemos é um cenário desafiador para as companhias, especialmente durante a baixa temporada, pelo lado da oportunidade a mensagem para os consumidores é muito clara: esse é um excelente momento para se viajar de avião”.

Em volume, esse recado tem sido captado e a quantidade de passageiros transportados em voos domésticos pelas associadas ABEAR avançou 6,39% sobre abril de 2014, somando pouco mais de oito milhões de viajantes.

Divisão do mercado doméstico4 – TAM, com 36,87%, e GOL, com 36,81%, estiveram à frente na participação do mercado doméstico em abril. A AZUL ficou com 16,97% da demanda, enquanto a AVIANCA teve 9,34% de market share.

Internacional – “A parcela do segmento internacional correspondente às operações das companhias brasileiras apresentou em abril resultados que refletem o mesmo cenário doméstico. Com uma oferta em expansão mais forte, todavia, nem mesmo os estímulos ao consumo proporcionaram a manutenção das taxas de ocupação”, analisa o consultor-técnico da ABEAR Maurício Emboaba.

Nas estatísticas consolidadas a oferta foi ampliada em 13,46%, para uma demanda que cresceu 8,24%. Essa diferença de ritmo levou a uma queda no fator de aproveitamento de 3,81 pontos percentuais, que foi de 78,97% no mês. O total de passageiros transportados aumentou 11,81%, somando 565 mil viajantes nos voos internacionais.

Em participação de mercado, a TAM liderou com 78,6% de share, seguida da GOL, com 13,81%, e da AZUL, com 8,08%. A AVIANCA obteve participação inferior a 1%.

Cargas – A partir desse mês a ABEAR passa a acompanhar as estatísticas das operações cargueiras de suas associadas. Os números apresentados correspondem ao total de carga paga transportada por cada empresa nas operações regulares e não-regulares (voos extra e fretamentos), mistas (cargas e passageiros) ou exclusivamente cargueiras, na medida em quilos, calculado pelas etapas compostas de voo. Vale lembrar que os dados de carga transportada não incluem as bagagens despachadas pelos passageiros.

Para as comparações com os períodos anteriores é utilizada a base de dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), disponível na seção “Demanda e Oferta do Transporte Aéreo” do órgão regulador.

Em abril de 2015 as associadas ABEAR transportaram 28,054 milhões de quilos de carga doméstica. O total é 10,41% inferior ao registrado em abril de 2014. No segmento internacional o total chegou a 15,648 milhões de quilos, em alta de 14,66% no mesmo período.

Compartir noticia por email:
Fuente: www.abear.com.br

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews