jQuery
Brasil

Aeroporto de Congonhas completa 80 anos

abril 14, 2016
Aeroporto_de_Congonhas 2

O que veio primeiro? O Aeroporto de Congonhas ou os bairros ao seu redor? No dia 12 de abril de 1936, há exatos 80 anos, o aeroporto foi inaugurado, à beira da antiga Auto Estrada Santo Amaro, por onde passa a atual Avenida Washington Luiz.

Naquele tempo, porém, em vez do trânsito caótico de veículos pela avenida e centenas de pousos e decolagens atuais, o terminal ficava em uma região rural da cidade onde ainda havia pouquíssimas construções.

O aeroporto na pouca habitada zona sul de São Paulo era uma ideia dos anos 1920 e sugerido como uma alternativa ao Campo de Marte. O aeródromo na zona norte sofria com enchentes em épocas de chuva. Em Congonhas isso foi evitado com o enorme aterro da região, cuja primeira fase foi construída entre 1928 e 1932.

A primeira pista do terminal tinha apenas 300 metros de comprimento e projeto original previa a construção de quatro pistas. Atualmente a pista principal tem 1,940 metros de comprimento e a segunda, 1,435 m.

Congonhas pertencia a “Companhia Auto-Estradas”, antiga construtora com diversas ramificações que ajudou a erguer importantes pontos de São Paulo no passado. Dois meses após a abertura, a segunda pista ficou pronta e o aeroporto começou a receber os primeiro voos comerciais. Ainda em 1936, no dia 15 de setembro, o governo de São Paulo comprou o terreno, depois de chegar a um acordo com a Auto-Estradas.

Após ser adquirido pelo governo estadual, o local passou ser oficialmente denominado como “Aeroporto de São Paulo”. O nome “Congonhas”, o original criado pela construtora, é uma homenagem ao Visconde de Congonhas do Campo, primeiro governante da Província de São Paulo após a Independência do Brasil, em 1822. Não só isso, boa parte dos terrenos na região adquiridos pela Auto-Estrada pertenciam a um bisneto do visconde. E o aeroporto cresceu rapidamente…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://airway.uol.com.br/aeroporto-de-congonhas-completa-80-anos/?es_p=1622860

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews