jQuery
Brasil

SITA oferece ás companhias aéreas conexoes rápidas e fáceis en 300 aeroportos

junio 7, 2016
SITA AirportHub_300 locations

A SITA, provedora de TI para a indústria de transporte aéreo, passa a fornecer a 300 aeroportos, em mais de 100 países em todo o mundo, o SITA AirportHub™. Esta infraestrutura compartilhada original permite que as companhias aéreas conectem todos seus aplicativos e sistemas de TI em um aeroporto de forma rápida e fácil. Remove a complexidade de lidar com provedores de telecomunicações locais, e adiciona flexibilidade e agilidade para a gestão de rotas.

Aeroportos são o centro de comunicação da indústria e estão se tornando cada vez mais conectados. Em 2030, 18.000 conexões de companhias aéreas serão necessárias nos aeroportos do mundo. O número e tamanho dos aeroportos também estão aumentando; 500 novos aeroportos – um aumento de 30% em relação a hoje – e um crescimento de 40% da capacidade em aeroportos existentes. O desafio que a indústria enfrenta com essa expansão é ter uma comunicação de alto desempenho, confiável e segura – de forma consistente nos aeroportos do mundo – para as companhias aéreas, manipuladores terrestres, empresas de manutenção, outros inquilinos do aeroporto e os próprios aeroportos.

A solução SITA AirportHub é uma plataforma compartilhada de conectividade que garante aos aeroportos o fornecimento às companhias aéreas, manipuladores terrestres e outros inquilinos de banda segura e confiável, incluindo conectividade sem fio para acessar aplicativos. Hoje, são 300 aeroportos e 3.000 conexões em todo o mundo.

Matthew Billings, presidente da comissão de membros da SITA e VP de serviços de tecnologia da Virgin Atlantic, diz: “O investimento da SITA na infraestrutura AirportHub, ao longo dos últimos anos, é de grande benefício para toda comunidade de transporte aéreo. Agora, as companhias aéreas podem utilizar o AirportHub em 300 aeroportos em todo o mundo – de Pequim até Barcelona.

O SITA AirportHub simplifica a abertura de novas rotas de forma muito mais rápida e mais fácil. Quando as companhias aéreas quiserem conectar seus sistemas em um aeroporto, podem agora fazê-lo em questão de semanas e não meses. Esta abordagem simplificada é eficiente e rentável. Muitas companhias aéreas estão dispostas a trabalhar com os seus parceiros do aeroporto que ainda não têm o SITA AirportHub no lugar de considerar a sua adoção”.

Dan Ebbinghaus, vice-presidente sênior de comunicações e soluções de infraestrutura da SITA, diz: “Todas as companhias aéreas têm altos níveis de conectividade sob demanda. Onde quer que voem, e se são de baixo custo, híbridas ou de bandeira, a necessidade é a mesma. Como os nossos membros têm experimentado, o SITA AirportHub fornece esta forma segura e eficiente.

O lançamento do AirportHub é um grande investimento da SITA, em nome da comunidade aérea. Nosso plano, durante os próximos três anos, é ter o AirportHub em 700 locais que alcançam 80% dos aeroportos de destino internacional das companhias aéreas. Isso vai expandir significativamente a nossa cobertura, transformando a infraestrutura de comunicação nos aeroportos do mundo”.

O SITA AirportHub ajuda a reduzir o custo total de propriedade, através de infraestrutura compartilhada segura e de soluções comunitárias globais. Faz conexões entre todas as partes interessadas no aeroporto – companhias aéreas, governos, manipuladores terrestres, operadores comerciais e outros parceiros – de forma eficiente e rentável. Além de redução de custos por meio compartilhado, prazos curtos de entrega para se conectar e infraestrutura de uso comum, existe grande economia no tempo e esforço de abastecimento de empresas de telecomunicações locais, gestão de múltiplos fornecedores e na questão de longos prazos de entrega.

Os 300 aeroportos que já estão usando o SITA AirportHub estão localizados em mais de 100 países. Estes variam de destinos remotos e regionais que servem menos de um milhão de passageiros aos maiores centros internacionais do mundo, que, juntos, gerenciam centenas de milhões de passageiros a cada ano.

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.sita.aero/

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews