jQuery
Brasil

Aeroporto em Confins vai buscar mais voos depois de concluir expansão

septiembre 7, 2016
confis

Com inauguração prevista para dezembro, as obras do novo terminal do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, estão chegando à reta final a um ritmo acelerado se comparado à paralisia que tem marcado os investimentos produtivos no setor produtivo do país.

Mas a concessionária responsável pelo aeroporto, a BH Airport, tem, depois de entregar o novo espaço, um desafio ainda maior: o de não deixar o terminal virar um elefante branco em Minas, pelo menos em curto prazo. Ao mesmo tempo em que haverá uma expansão da capacidade do local, houve uma redução de 15% na demanda de passageiros; o número de voos internacionais ainda é baixo e não justifica, por enquanto, a abertura do total de 26 pontes de embarque, 17 seriam suficientes. E ainda há o terminal 3, o Puxadinho, que será desativado e para qual não há um destino certo. Com os dois terminais, Cofins terá capacidade para 22 milhões de passageiros por ano.

A possível ociosidade contrasta com o alto investimento para a obra que, até o fim do ano, custará R$ 750 milhões. Como forma de corresponder ao que se espera desse novo espaço e fazê-lo dar jus ao tamanho, a BH Airport informou articular a vinda de novos voos para a Confins.

“Com essa nova estrutura, a intenção é atrair novos pousos e decolagens”, prometeu o diretor-presidente da concessionária, Paulo Rangel. Segundo ele, a empresa tem articulado a vinda de novas companhias e, inclusive, a volta da Avianca, que suspendeu os voos diários de BH desde janeiro do ano passado. Atualmente, o aeroporto conta com 104 mil pousos e decolagens por ano, sendo que o novo terminal tem capacidade para 200 mil…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/09/06/internas_economia,801212/confins-vai-buscar-mais-voos-depois-de-concluir-expansao.shtml

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews