jQuery
Brasil

Cliente Latam pode fazer upgrade de classe por meio de leilão no site

diciembre 27, 2016

A Latam Airlines Brasil está em fase de implantação do “Opção Upgrade”, projeto em que os passageiros que adquiriram bilhetes em Classe Econômica de voos a alguns destinos internacionais, com origem no Brasil, poderão dar lances para ter acesso a um upgrade para cabine Premium Economy (destinos da América do Sul) ou Premium Business (destinos dos EUA ou da Europa) no site da companhia no Brasil (www.latam.com), por meio de um leilão.

A Latam Airlines Brasil está em fase de implantação do “Opção Upgrade”, projeto em que os passageiros que adquiriram bilhetes em Classe Econômica de voos a alguns destinos internacionais, com origem no Brasil, poderão dar lances para ter acesso a um upgrade para cabine Premium Economy (destinos da América do Sul) ou Premium Business (destinos dos EUA ou da Europa) no site da companhia no Brasil (www.latam.com), por meio de um leilão.

Os clientes recebem um convite por e-mail, entre 6 e 10 dias antes do voo, para que participem do leilão, com um link que leva à página na qual é possível oferecer o lance entre um valor mínimo e máximo estipulado pela companhia.

As ofertas ficam abertas até 24 horas antes do voo e o cliente deve, obrigatoriamente, realizar o check-in antecipado até 12 horas antes de seu respectivo voo.
Depois de receber o e-mail de confirmação, o cliente poderá se apresentar no balcão de check-in da classe superior para realizar o despacho das bagagens. O critério de escolha do cliente que realizou a oferta será sempre do maior para o menor valor ofertado. Em caso de empate, o cliente que fez o lance primeiro será o escolhido.

Os passageiros que tiverem suas ofertas confirmadas receberão os benefícios de cabine superior (franquia de bagagem, acesso à Sala VIP, embarque e check-in de bagagem preferencial e embarque prioritário)…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.hosteltur.com.br/111800_cliente-latam-pode-fazer-upgrade-classe-meio-leilao-no-site.html

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews