jQuery
Brasil

Kakinoff critica suspensão de novas tarifas: “anacronismo”

marzo 15, 2017

O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, subiu ao palco do 15º Fórum PANROTAS em defesa da manutenção da política de cobrança por bagagens por parte das aéreas. A Gol foi a primeira aérea a se posicionar a respeito, e a medida começaria hoje a ser implementada, mas na tarde desta segunda-feira, um juiz federal de São Paulo emitiu liminar que suspende a cobrança extra pelo despacho.

Kakinoff levantou uma série de dados e argumentos apontando o quanto a concorrência entre os players é saudável ao setor aéreo no País, dentre os quais a diminuição da tarifa e aumento significativo no número de passageiros. “E o último item para que as companhias tenham o cenário mais justo de concorrência e para o setor evoluir ainda mais, é o de cobrança das bagagens”, defende.

“Nada é melhor do que a concorrência. Hoje o mercado brasileiro oferece tarifa média de R$ 270, e em termos nominais ela é 45% menor do que quando a Gol surgiu no mercado”, completou referindo-se ao regime de liberdade tarifária e em favor da concorrência, como também foi a presidente da Latam, Claudia Sender, no primeiro dia de fórum.

“A Gol vê como um anacronismo esse último item restante, o da liberdade na cobrança de bagagem. Não sei como será a conclusão dessa discussão, mas sei que nada é mais poderoso em benefício do consumidor do que a concorrência. Prova disso são as visões distintas das três companhias que já anunciaram suas pretensões de política de bagagem”, afirmou Kakinoff, a respeito de Azul, Latam e, claro, Gol. A Avianca Brasil apontou que esperaria a resposta do mercado para ver como agiria em relação às bagagens.

Paulo Kakinoff ainda comemorou a liderança da Gol no corporativo, no market-share geral do mercado, as parcerias consolidadas com Air France-KLM e Delta, e, por fim, o lançamento do Voebiz, programa de fidelidade para empresas, que acontecerá amanhã…

Imagen: http://www.panrotas.com.br/

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.panrotas.com.br/viagens-corporativas/aviacao/2017/03/kakinoff-critica-suspensao-de-novas-tarifas-anacronismo_145006.html?lista

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews