jQuery
Brasil

Regras da Anac: muito enfoque nas aéreas e pouco na infraestrutura aeroportuária

Abril 4, 2017

Durante o evento Bayer Travel Trends, realizado hoje em São Paulo, foram debatidas as novas regras estabelecidas pela Anac, e a gerente da Air France-KLM para o Brasil, Adriana Cavalcanti, destacou que tem sido dado um enfoque muito grande apenas à adaptação de tais regras por parte das companhias aéreas, enquanto a infraestrutura dos aeroportos foi deixada de lado.

“É preciso lembrar que a peça principal de toda essa questão é o viajante. Os aeroportos brasileiros estão preparados para acolher todas estas novas regras de bagagem e oferecer a infraestrutura adequada ao passageiro? Porque isso sem dúvida está relacionado ao bom funcionamento de todos os outros processos envolvidos”, afirmou Adriana.

Para o gerente de Programa e diretor de Vendas da CWT, Fernando Michellini, o Brasil ainda apresenta muitos gargalos nessa questão. “Há cidades que têm um volume forte de viagens e não possuem aeroporto. É preciso pensar mais nessas questões para desenvolver o setor”, ponderou Michellini

“O mercado aéreo passa por período de consolidação, e para que as companhias aéreas sejam mais competitivas (com capital estrangeiro ou não), o Brasil precisa resolver os problemas nos aeroportos, os quais barram o desenvolvimento da indústria e do mercado aéreo. Não é fácil operar no Brasil como companhia aérea”, salientou o gerente regional de Vendas da Latam Airlines, Erik Rantin…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.panrotas.com.br/viagens-corporativas/aviacao/2017/04/regras-da-anac-muito-enfoque-nas-aereas-e-pouco-na-infraestrutura-aeroportuaria_145538.html

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews