jQuery
Brasil

Governo “fatiará” Infraero para concessões de aeroportos

junio 9, 2017

O futuro da Infraero foi decidido hoje pelo governo: ela será dividida em seis partes para que então possam ser concedidos ao setor privado os 56 aeroportos administrados pela administradora.

Isso significa que as concessões serão feitas em blocos que seguem o mapa de comandos regionais da Aeronáutica ou seja, aquele que arrematar o Santos Dumont, por exemplo, levaria também pequenos aeroportos do Rio de Janeiro e Vitória. No caso de Congonhas (SP), o vencedor da licitação ficaria também com outros terminais paulistas e sul-matogrossenses.

A alternativa proposta para a Infraero é defendida pelos quatro ministros responsáveis pelo setor, sendo eles Dyogo Oliveira (Planejamento), Maurício Quintella (Transportes), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência). Já está decidido também que a parte de controle de voo (torres) e os 1,9 mil funcionários dessa área serão transferidos para a Aeronáutica, que passará a ser responsável pela Nav Brasil, nova empresa pública que está sendo criada para essa finalidade.

As informações são de O Globo e, segundo uma fonte a par das discussões, esse modelo híbrido de privatização e concessão resolverá o problema da Infraero (que é deficitária), dos funcionários e dos investimentos, além de gerar uma receita estimada em R$ 50 bilhões para a União, considerando pagamento de outorgas e impostos…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/06/governo-fatiara-infraero-para-concessoes-de-aeroportos_147118.html?lista

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews