jQuery
Brasil em Portugues

Que benefícios a agência de viagens tem em ser Iata?

junio 13, 2018

Com apenas 820 agências de viagens associadas no Brasil, representando 4,7 mil códigos diferentes, a Iata (Associação Internacional de Empresas Aéreas) é um dos caminhos para quem quer emitir bilhetes com as empresas aéreas internacionais que operam no País, e mesmo com as off line. Representando mais de 280 empresas aéreas em todo o mundo, que movimentam 83% dos tráfego aéreo global e US$ 400 bilhões em vendas, a entidade tem novo diretor no País, Dany Oliveira, que tem como uma das missões, além de aumentar os negócios, mostrar tudo o que a Iata faz e pode fazer pelos associados, pelas agências, aeroportos, governo e demais players da indústria de aviação.

A relação das agências com a Iata é de certo afastamento em alguns casos e de beligerância em outros, com muitas agências preferindo emitir em consolidadoras a ter de seguir todas as regras e exigências da Iata. O número de agências com Iata no Brasil já chegou a mais de 1,5 mil e hoje está nos 820 citados.

Oliveira faz questão de frisar que a Iata representa segurança para todo o sistema que envolve a aviação, o que inclui as agências. Segundo ele, o volume de transações por meio dessas agências é crescente no País. “Para se ter uma ideia, nos cinco primeiros meses de 2018 já foram processadas 5,4 milhões de transações as quais tem crescido, em média, mais de 8% ao ano desde 2014”, explica. Ainda de acordo com ele, as regras da Iata são rígidas sim, “pois não há jeitinho”. Se uma agência está devendo à Iata, por exemplo, não tem como dar jeito… Passa a ser inadimplente até que pague suas dívidas.

Pedimos que ele listasse os principais benefícios de uma agência ser credenciada Iata e o country manager da associação nos preparou a seguinte lista:

O agente credenciado Iata é reconhecido globalmente no setor de viagens pelas melhores práticas e com acesso a mais de 280 empresas aéreas associadas usando um único contrato padronizado de vendas. Todo esse reconhecimento mundial é acompanhado dos seguintes benefícios:

• Autorização para vender passagens internacionais e domésticas em nome das empresas aéreas e uso do logotipo “Agente Acreditado pela Iata”, proporcionando visibilidade e credibilidade nas instalações e nos canais de vendas;

• Funcionários elegíveis da agência podem solicitar o cartão de identificação Iata/Iatan – com acesso a várias ofertas e descontos em diversos estabelecimentos da indústria do Turismo;

• Acesso a procedimentos padronizados para garantir negociações justas e uniformes em todas as transações;

• Identificação única em toda a indústria global de viagens com o “Código Numérico Iata”;

• O credenciamento Iata simplifica bastante o relacionamento comercial entre agentes de viagens e empresas aéreas (Nota da Redação: vale lembrar que no Brasil dois fatores impactam essa relação: a existência de poderosas consolidadoras, que fazem a ponte com as aéreas e dão crédito às agências, e o direct connect das aéreas nacionais com as principais agências, operadoras e consolidadoras);

• Acesso ao BSP (Billing Settlement Plan) e BSPlink que juntos fornecem uma interface eficiente para faturamento e pagamento entre o agente, empresas aéreas e fornecedores de transporte.

Oliveira também destacou novos produtos e processos que a Iata está lançando e que melhorarão o trabalho de agências e empresas aéreas.
São eles

NewGen ISS – Nova Geração de Sistemas de Liquidação transformará o atual modelo de negócios do ISS facilitando a distribuição e a liquidação de fundos entre agentes de viagens e empresas aéreas. Para as empresas aéreas, o NewGen ISS significa uma liquidação mais rápida, segura e um menor custo de distribuição já para os agentes de viagens, o NewGen ISS oferecerá produtos e serviços mais personalizados, suporte aprimorado e soluções mais econômicas. No Brasil, essa implementação está prevista para o primeiro semestre de 2019.

Com a introdução do NewGen ISS, a IATA também fornecerá um suporte aprimorado aos clientes de 24/7 e:

1 – Três níveis de credenciamento de agências, possibilitando ao agente que escolha o que mais atende a seu modelo de negócio;

2 – RHC – Remittance Holding Capacity (Capacidade de retenção de remessas) que garantirá um processo de venda mais seguro;

3 – GDI – Global Default Insurance (Seguro de Inadimplência Global), que fornecerá aos agentes de viagens uma opção de segurança financeira flexível e ajudará as empresas aéreas a reduzir as perdas por inadimplência;
4 – Iata EasyPay, uma solução segura e econômica de pagamento conforme o uso de fundos.

TIP – Transparency in Payments é uma iniciativa da indústria focada em fornecer às empresas aéreas maior transparência e controle na arrecadação de suas vendas através do canal de agência de viagens. Ao mesmo tempo, permitirá que os agentes de viagens utilizem novas formas de pagamento para recebimento de fundos de seus clientes.

NDC – New Distribution Capability (Nova Capacidade de Distribuição), permitirá à indústria de viagens transformar a forma como os produtos aéreos são vendidos a viajantes a lazer ou negócios, abordando as atuais limitações de distribuição como diferenciação de produtos, tempo de comercialização, acesso completo aos produtos das empresas aéreas e finalmente a experiência de compra transparente para o passageiro. O padrão NDC aprimora a capacidade de comunicação entre empresas aéreas e agentes de viagens, uma vez que o desenvolvimento adotado pelo mercado utiliza a transmissão de dados em XML além desses benefícios, o NDC está aberto a qualquer provedor de tecnologia, intermediário, terceiro e não membros da Iata para implementação e uso.

One Order – Visa modernizar o processo de gerenciamento de pedidos (compras) no setor de transporte aéreo. Esta iniciativa pretende substituir os múltiplos registros e rígidos métodos de reserva, emissão de bilhetes, contabilização e entrega de dados, usando os avanços de comunicação de dados possibilitados pela implementação do NDC.

IFG – Iata Financial Gateway fornece uma solução consolidada e econômica para as empresas aéreas e fornecedores de viagens para otimizar seus diferentes processos de pagamentos, independentemente de suas redes de distribuição, modelos de negócios ou métodos de pagamento. O IFG reduz a complexidade de se conectar a diferentes sistemas de pagamento e simplifica o processo de pagamento por meio de uma única conexão global.

EQUIPE NO BRASIL

Dany Oliveira – Diretor Brasil
Responsável pela liderança dos negócios da Iata no Brasil. “Minha equipe e eu trabalhamos intensamente para representar, liderar e servir a indústria das empresas aéreas no país sendo a força motriz para maximizar as sinergias organizacionais de todas as áreas da Iata e suas agendas no Brasil”. Oliveira já trabalhou na Embraer, na Delta Air Lines e no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, de onde saiu para a Iata.

Julio Cesar de Souza Pereira – Diretor Assistente para Segurança Operacional e Operações de Voo
Responsável pela disseminação das melhores práticas internacionais na área de navegação aérea, com foco no Gerenciamento de Tráfego Aéreo, promovendo uma aviação mais segura, eficiente, econômica e que seja ambientalmente sustentável através de um processo de Decisão Colaborativa eficaz entre os diversos stakeholders da aviação, notadamente entre empresas aéreas e entidades governamentais.

Paulo Costa – Gerente de Campanhas
Responsável por disseminar e implantar as campanhas da Iata relativas a Aeroportos, Passageiros, Carga e Segurança, participar de grupos de trabalho junto as autoridades brasileiras nos temas relacionados a aviação e dar suporte na análise da regulação para o setor.

Marcelo Pedroso – Diretor Assistente de Relações Externas
Responsável por conduzir a estratégia de relações governamentais no sentido de promover as melhores práticas de regulação do setor, monitorar projetos em tramitação e advogar em favor da indústria de forma a não produzir iniciativas que representem prejuízos ao setor no Brasil.

Sofia Abreu – Analista da Industria da Aviação
Responsável pela comunicação da organização, com objetivo de promover a IATA e suas ações para o mercado brasileiro. Além disso, visando incentivar a parceria e o desenvolvimento de padrões globais, é faz a coordenação e divulgação dos diversos treinamentos ministrados pela Iata nas mais diversas áreas de toda a indústria do transporte aéreo.

Jefferson Simões – Gerente de Relacionamento com a Indústria
Responsável por apoiar e executar a relação com o cliente e a gestão de contas a nível local. Promoção e desenvolvimento de soluções para produtos e serviços Iata. Ponto focal no Brasil para assuntos relacionados aos sistemas financeiros da Iata (BSP, Cass, E&F etc) além da disseminação de campanhas da Iata relativas aos processos financeiros.

Fotos: Jhonatan Soares

Compartir noticia por email:
Fuente: https://www.panrotas.com.br/aviacao/distribuicao/2018/06/que-beneficios-a-agencia-de-viagens-tem-em-ser-iata_156254.html

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews