Now Reading:
Demanda por banda larga a bordo atinge maior nível
Full Article 3 minutes read

Demanda por banda larga a bordo atinge maior nível

Uma pesquisa abrangente com passageiros de companhias aéreas em todo o mundo destacou o aumento na demanda por banda larga durante voos na América Latina, embora muitos passageiros estejam frustrados com a falta do serviço na região.

A pesquisa "Conectividade a Bordo" foi realizada entre agosto de 2015 e março de 2016 pela Inmarsat, juntamente com a empresa de pesquisas GfK. Foram entrevistados mais de 9.000 passageiros da América Central e do Sul, Europa, Ásia e Austrália que fizeram um voo de curta, média ou longa distância no ano passado e que levaram pelo menos um dispositivo móvel pessoal a bordo da aeronave.

O estudo revelou que 78% dos passageiros da América Latina consideram a conectividade a bordo uma solução importante para suas necessidades, em comparação com 73% na região Ásia-Pacífico e 64% da Europa. No entanto, 91% dos respondentes latino-americanos "“ que nunca tiveram a oportunidade de se conectarem via banda larga durante um voo "“ desejam fazê-lo; e apenas 55% dos entrevistados já tiveram acesso a este serviço.

Conexão a bordo é preferida a entretenimento a bordo

Os passageiros latino-americanos estão interessados em utilizar banda larga a bordo especialmente para streaming de vídeos, redes sociais e para navegar em sites de viagens. Entre os viajantes ao redor do mundo, há a preferência de substituir o tradicional entretenimento a bordo (IFE) pela conexão à internet durante o voo (IFC). Para se ter uma ideia, 71% dos viajantes da América Latina concordam que não haveria necessário de qualquer serviço de entretenimento a bordo se fosse oferecido o serviço de banda larga a bordo. Esta preferência também foi registrada na Ásia-Pacífico (64%) e na Europa (58%).

Os resultados da pesquisa sugerem que as companhias aéreas deveriam prestar atenção ao tema, uma vez que 78% dos passageiros da América Latina esperam que a conectividade a bordo substitua o entretenimento tradicional na próxima década. Mesmo hoje, mais de 80% deles preferem voar com uma empresa que ofereça o serviço. Os que viajam a negócios são particularmente propensos a terem sua escolha pela companhia aérea influenciada pela disponibilidade de conectividade a bordo.

Na América Latina, o uso é motivado pela qualidade do serviço

Os passageiros latino-americanos dão maior importância à confiabilidade, disponibilidade e velocidade da banda larga a bordo, em vez do preço. A confiabilidade é o aspecto mais importante para 76% deles, enquanto 62% afirmaram que estariam dispostos a pagar mais por uma conexão mais veloz, de qualidade superior. Os resultados sugerem que, ao escolherem um fornecedor, as companhias aéreas devam considerar prioritária a qualidade e a capacidade do serviço…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.