jQuery
Brasil em Portugues

Embraer procura trazer para Évora o futuro dos seus aviões comerciais

19/06/2014

Évora poderá ficar responsável pelo fabrico de alguns componentes para os aviões de nova geração em que a Embraer está a apostar o seu futuro. «Temos intenção de levar estruturas significativas da nova geração de aviões comerciais [os E2] lá para Évora. É um movimento no futuro, mas que faz todo o sentido, pois são aviões grandes, de estruturas complexas, mas em que Évora com a sua especialidade e tecnologia é perfeitamente adequada», avançou ontem Mauro Kern, vice-presidente da fabricante brasileira.

A nova geração de aviões comerciais da Embraer são os E2, com o grupo brasileiro a apresentar três diferentes aeronaves nesta nova geração: o E175-E2, com um alcance de 3556 quilómetros, e configurações entre os 80 e os 88 lugares; o E190-E2, com alcance de 5186 quilómetros e entre 97 e 106 lugares; e por fim o E195-E2, 3 704 quilómetros e 118 a 132 lugares. A fabricante estima que os aviões estejam no mercado em 2018.

Kern salientou também que estas aeronaves são «algo muito importante para a Embraer», que espera que esta aposta represente «um fortalecimento da empresa no mercado da aviação comercial ao longo de muitos anos». Logo, «sendo Évora o nosso centro de excelência em estruturas, estamos a considerar fabricar lá partes importantes destes aviões», frisou depois de uma visita à fábrica da Embraer no Brasil de Pires de Lima, ministro da Economia.

A fabricante brasileira de aviões tem uma forte presença em Portugal. Além da OGMA, onde entrou durante a privatização de 2005, a Embraer criou em Évora duas fábricas num investimento de aproximadamente 180 milhões de euros, onde têm sido construídas peças para o novo avião executivo Legacy 500 e para o avião militar KC-390.

«Portugal é um dos principais parceiros deste avião [KC-390] e queremos vê-lo voando pelos céus da Europa também», disse Kern, citado pela Lusa. Os investimentos da empresa em Évora contam desde Março com…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/embraer-procura-trazer-vora-futuro-dos-seus-avies-comerciais

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews