jQuery
Brasil

Técnicos analisam caixa-preta de avião que sofreu acidente nos EUA

julio 8, 2013

Uma equipe do Comitê Nacional pela Segurança no Transporte dos EUA (NTSB) recuperou neste domingo (7) a caixa-preta do avião que caiu no Aeroporto de San Francisco, dizem emissoras de TV americanas. As gravações do cockpit da aeronave e informações do voo foram remetidas a Washington para análise por técnicos, relatou a rede de TV “CNN”.

Novas pistas da razão do acidente devem ser reveladas nas próximas horas, afirmou o diretor do NTSB, Peter Goelz, à “CNN”. “Deve ser um processo rápido. Se o avião estava voando muito baixo ou muito rápido, mas no ângulo errado… Até o fim do dia o Comitê Nacional pela Segurança no Transporte vai ser uma boa ideia do que ocorreu”, disse.

Para investigadores no local do acidente, é importante ouvir os pilotos “o mais rápido possível”, disse a emissora. Uma investigação internacional, no entanto, é mais complicada, ponderou Goelz.

Paralisados
Pelo menos dois feridos no acidente perderam os movimentos dos membros, mas o número deve ser maior, disse a chefe de cirurgia do Hospital Geral de San Francisco, Margaret Knudson, à “CNN”. Entre os ferimentos encontrados há traumatismos cranianos, fraturas na coluna e danos no abdômen.

Muitos pacientes tiveram danos na pele semelhantes ao de pessoas jogadas ao asfalto em alta velocidade, disse a chefe de cirurgia. O avião, um Boeing 777, perdeu parte da cauda e teve a fuselagem superior, acima de onde ficam os passageiros, incendiada e destruída.

Instrumento desligadoUm instrumento do Aeroporto de San Francisco usado para ajudar pilotos na aproximação com a pista estava desativado na hora do acidente, disse a “CNN”, atribuindo a informação a um boletim da Administração Federal de Aviação (FAA), entidade que fiscaliza o setor nos EUA.

Chamado de Instrumento de Sistema de Pouso (ILS, na sigla em inglês), o mecanismo está sendo analisado pelas equipes que investigam as causas do acidente. O ILS se integra com a cabine de comando do avião e ativa um sinal sonoro, emitindo alarme no caso de problema com a altura do voo, disse o consultor Mark Weiss à “CNN”.

Weiss é piloto aposentado do mesmo modelo de avião que caiu em San Francisco, o Boeing 777. “Você escuta uma voz mecânica dizendo ‘muito baixo, muito baixo’. É bom que funcione, mas não tem papel fundamental”, afirmou. Outros sistemas na aeronave tem função similar (“redundante”, nas palavras do piloto) que fornecem avisos se o avião está em altura muito baixa, disse o consultor, que afirma ter pousado aeronaves deste tipo “centenas de vezes”.

Compartir noticia por email:
Fuente: http://g1.globo.com/

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews