jQuery
Brasil

Especialista só vê vantagens na operação de aeroporto binacional entre Brasil e Uruguai

Experto sólo ve ventajas en la operación del aeropuerto binacional entre Brasil y Uruguay

agosto 16, 2016
luces pista aterrizaje

Brasil e Uruguai estão em negociação para operar o primeiro aeroporto binacional da América do Sul, o de Rivera, cidade próxima ao Rio Grande do Sul.

Na semana passada, autoridades de ambos os países estiveram reunidas para definir detalhes do projeto, que voltará a ser discutido em uma nova reunião marcada para a segunda quinzena de agosto.

O vice-ministro de Turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff, disse que o setor turístico de ambos os países será um dos maiores beneficiados com a nova forma de utilização do aeroporto uruguaio, com reflexos também nos negócios imobiliários e de comércio varejista. Segundo Liberoff, um outro benefício pode advir da reativação da rota Montevidéu-Porto Alegre, retomada há pouco pela Azul. Atualmente está em estudo a possibilidade de uma escala no aeroporto de Mendoza.

Vizinha de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, Rivera se situa a 500 quilômetros de Montevidéu, tem uma população de cerca de 200 mil habitantes que vivem de forma integrada com os vizinhos gaúchos em uma comunicação denominada portunhol riverense. Uma das principais atividades econômicas da cidade são as lojas de free shop voltadas ao público brasileiro, o que a torna bastante procurada, especialmente agora com a queda do dólar em relação ao real, o que faz alguns produtos saírem até 40% mais em conta do que os vendidos no Brasil. A única exceção é a cota máxima por pessoa, de US$ 300.

Para Jorge Leal, professor de transporte aéreo e aeroportos da Universidade de São Paulo (USP), o projeto é muito louvável e tem exemplos bem sucedidos no exterior, como o de Dallas-Fort Worth, nos Estados Unidos…

Compartir noticia por email:
Fuente: http://br.sputniknews.com/mundo/20160815/6048330/brasil-uruguai-fonteira-aeroportos-integracao-transporte-passageiros.html

Síguenos en Twitter: @aerolatinnews