Now Reading:
Aeroportos do Amazonas iniciam processo de certificação junto à Anac
Full Article 2 minutes read

Aeroportos do Amazonas iniciam processo de certificação junto à Anac

Os aeroportos de São Gabriel da Cachoeira e Eirunepé deverão ser os primeiros do interior do Amazonas com certificação de Especificação Operativa (EO) da Agência Nacional de Aviação (Anac), atestando a segurança operacional que permite receber mais voos e aeronaves de maior porte.

As prefeituras dos dois municípios, responsáveis pela administração dos aeroportos, receberam apoio e suporte técnico da MAP Linhas Aéreas, preparando-se para a adoção das medidas necessárias e exigidas pela Anac, para obtenção da certificação. Assim que o processo estiver concluído – a previsão é de cerca de três meses -, a MAP pretende aumentar a frequência de voos para as duas cidades, de acordo com o presidente da companhia, comandante Marcos Pacheco.

A certificação dos aeroportos de São Gabriel da Cachoeira e Eirunepé vêm ao encontro do planejamento preparado pela MAP para 2019, que é o de aumentar a frequência para alguns municípios da malha aérea. De acordo com o comandante Marcos Pacheco, os três municípios são mercados estratégicos para a MAP. “Há uma demanda grande, tanto de passageiros internos, ou seja, do próprio estado, quanto de pessoas que viajam de outras regiões para essas cidades, a trabalho ou passeio”, ressalta.

No próximo dia 30, os representantes dos municípios e o gerente de Qualidade e Segurança Operacional da MAP, Fábio Mafei, estarão em Brasília, participando de reunião com a Anac, para dar início aos procedimentos. A equipe técnica da MAP está acompanhando todo o processo, dando suporte desde a fase de levantamento dos documentos a serem protocolados na Anac, até a indicação de melhorias a serem realizadas na estrutura dos aeródromos.

Fábio Mafei explica que a certificação vai permitir, entre outras coisas, que os aeroportos recebam mais voos por semana. Mafei acrescenta que a certificação atesta a capacidade de cumprimento dos regulamentos técnicos da Anac relativos à segurança operacional e de resposta à emergência aeroportuária. “Atualmente, São Gabriel da Cachoeira e Eirunepé, assim como os demais destinos que a MAP opera no Amazonas, possuem aeroportos homologados, ou seja, estão cadastrados e tem autorização da Anac para funcionar. A certificação é um passo adiante – garante que os aeródromos estão aptos a receber mais voos”, afirmou…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.