ALN NEWS
Ahora leyendo:
De Brasília para o mundo, saídas da capital para o exterior devem aumentar
Toda la noticia 3 minutes read

De Brasília para o mundo, saídas da capital para o exterior devem aumentar

Os moradores da capital têm poucas opções de voos diretos para cidades do exterior, embora o aeroporto da cidade tenha condições de operar mais destinos. Decreto pode incentivar abertura de novas rotas

Os brasileiros da capital do país são os mais dispostos quando se trata de viajar para o exterior. De acordo com a Sondagem do consumidor sobre a intenção de viagem, pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas com o Ministério do Turismo (Mtur) em novembro do ano passado, 6,8% dos entrevistados pretendem conhecer outros países. É um número expressivo, principalmente diante das dificuldades encontradas pelo turista brasiliense, que tem à diposição apenas cinco destinos internacionais partindo diretamente da cidade "” Lisboa, Miami, Panamá, Punta Cana e Buenos Aires.

Planejar uma viagem internacional pode ser cansativo. A quantidade de conexões e escalas, as horas de espera "” sem contar as possibilidades de atraso "”, além do tempo de voo dependendo da distância até o destino, faz com que os turistas percam tempo e, principalmente, reduzam o período da viagem. Segundo Jorge Arruda, presidente da Inframerica, empresa concessionária do Aeroporto de Brasília, 36% dos passageiros que saem do aeroporto Juscelino Kubitscheck têm como destino as cidades de São Paulo ou Rio de Janeiro para, dali, embarcarem em voos com destino ao exterior.

Sonho de turistas

A servidora pública Michelle Braz de Queiroz Araujo, 39 anos, viajou para Miami com a irmã em março deste ano. Moradora de Águas Claras, ela é uma das turistas que gostariam ter mais opções de voos internacionais diretos. "Viajo pelo menos uma vez ao ano, geralmente em época de férias escolares por conta da minha filha. Costumamos ir para locais que possuem praia, preferência de todos da nossa família."

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o Brasil possui cerca de 2.463 aeroportos, públicos e privados. O Aeroporto Internacional de Brasília é o terceiro maior do Brasil em movimentação internacional de passageiros e o maior hub doméstico do país, além de ser o único do continente a operar pistas paralelas simultâneas, de acordo com a Inframérica. Os usuários aprovaram a expansão e reforma efetuadas no terminal há cinco anos, mas avaliam que o potencial do aeroporto da capital não é bem aproveitado…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.