ALN NEWS
Ahora leyendo:
Desafio para levantar voos no nevoeiro
Toda la noticia 3 minutes read

Desafio para levantar voos no nevoeiro

A falta de instrumento avançado para pousos e decolagens em dias de nevoeiro fez com que o Aeroporto Internacional Salgado Filho, de Porto Alegre, não operasse durante 108 horas e 20 minutos, de 1º de janeiro a 31 de agosto deste ano.

Foi o terminal mais afetado nas regiões Sul e Sudeste do país, fechando o equivalente a 4,5 dias no período de oito meses.

Atualmente, o Salgado Filho dispõe do Sistema de Pouso por Instrumentos Categoria 1 (ILS 1, na sigla em inglês). O plano é concretizar uma reivindicação de 16 anos implantando o ILS 2, que amplia as condições de pouso e decolagem sob baixa visibilidade. Desculpas e atrasos se repetiram ao longo do tempo. A nova previsão é de que o ILS 2 funcione a partir de janeiro de 2014, antes da Copa.

Em julho deste ano, o superintendente regional da Infraero, Carlos Alberto da Silva Souza, anunciou que pretendia enviar o pedido de homologação do ILS 2 para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) até o final deste mês. A chuva atrapalhou, mas Souza espera cumprir a promessa.

"” A chuva foi acima do normal, em agosto, mas estamos conseguindo recuperar o prazo "” diz o superintendente.

As obras preparatórias ao ILS 2 estão andando, na expectativa de que Porto Alegre possa se igualar a aeroportos de Curitiba, Guarulhos, Brasília e Rio de Janeiro. Souza estima que 90% dos trabalhos estão concluídos. São luzes de eixo, casa de força e pista de táxi, para as manobras das aeronaves em terra.

Se não houver mais postergações, a Anac e o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), ligado à Aeronáutica, poderão apreciar o pedido de homologação até dezembro. O ILS 2 começaria a operar em janeiro, passando por uma fase inicial de ajustes. Ficaria pronto antes da Copa, cumprindo-se a exigência da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

"” Esperamos que esteja publicado nas cartas aeronáuticas em janeiro "” informa Souza.

O ILS 2, se for realmente instalado, irá diminuir o período de fechamento do Salgado Filho na temporada de cerração, a partir do outono. No entanto, somente o ILS 3 "” existente nos Estados Unidos e em países da Europa "” poderia evitar plenamente os cancelamentos ou atrasos em voos por conta da neblina.

O aeroporto Afonso Pena, de Curitiba, que dispõe do ILS 2, fechou por 79 horas e 38 minutos, de janeiro a agosto deste ano. Professor de Engenharia Aeronáutica da Universidade de São…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.