Ahora leyendo:
Azul se reúne com Bolsonaro e reitera volta gradual das operações em maio
Toda la noticia 2 minutes read

Azul se reúne com Bolsonaro e reitera volta gradual das operações em maio

Durante reunião realizada no Palácio do Planalto com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, o presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, sinalizou que a companhia está alinhada ao Ministério do Turismo, Ministério da Infraestrutura e Embratur para voltar a operar gradativamente voos no Brasil a partir do início do mês de maio. Em abril, a Azul manteve 90% de sua frota de aviões parada e 10,5 mil funcionários do total de 14 mil contratados entraram em licença não-remunerada.

Apenas 16 aviões dos 141 que a Azul possui estiveram ativos até abril. Com a paralisação de boa parte das atividades do setor aéreo, a companhia indica que faz o máximo esforço possível para manter seu quadro de funcionários integralmente, mas que a volta das atividades, programada para os próximos dias, é essencial para que demissões não ocorram. “Junto ao ministro Marcelo Álvaro Antônio, do Turismo, Tarcísio Freitas, da Infraestrutura e sob liderança do presidente Bolsonaro, mantemos contato constante com o trade do turismo para ajudar como for possível neste momento excepcional e para garantirmos que empregos possam ser preservados”, salientou o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto.

Rodgerson saudou os esforços do governo para encontrar saídas para o setor aéreo e citou que, a partir do dia 4 de maio, voos ao Nordeste deverão começar a serem normalizados. Como exemplo, citou os seis voos semanais da Azul entre Recife e Brasília, que já estão confirmados…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.