Ahora leyendo:
Delta vê 2019 de página virada no Brasil
Toda la noticia 3 minutes read

Delta vê 2019 de página virada no Brasil

A equipe da Delta Air Lines no Brasil dedicou toda esta terça-feira a seus principais parceiros. É fim de ano, e, em São Paulo, a liderança da aérea se reuniu com consolidadoras, operadoras e TMCs para fazer o balanço de 2019 e já olhar para 2020 mais nitidamente.

O evento “Nosso Melhor Parceiro” encerrou à noite com um coquetel, mas antes disso ofereceu almoço com algumas de suas agências viagens corporativas mais próximas, como Alatur JTB, Avipam, Copastur, Kontik, Maringá e Tour House, além de palestra da economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, e mesa-redonda para debate. Líderes da consolidação também se mostraram presentes.

Na festa final, o brinde foi à parceria que tanto o lado fornecedor como distribuidor possuem, e o diretor da Delta no Brasil, Fábio Camargo, deu vários argumentos para demonstrar a confiança que a aérea credita no País ao qual voa há 23 anos.

2019 E 2020 PARA A DELTA
“Depois de cinco anos bem difíceis na economia, em 2019 o ambiente mudou. Na Delta, executivos se aprofundaram em suas especialidades, remodelamos o serviço de bordo e fizemos anúncios importantes, como uso do B767-400 retrofitado na rota GRU-JFK e a parceria com a Latam”, afirmou Camargo. Segundo ele, os resultados das primeiras medidas já começaram a aparecer, enquanto outros ainda demandam tempo.

“A satisfação dos nossos clientes bateu recorde em outubro e novembro, alcançando a liderança na rota. Fruto de detalhes como Bellini de boas-vindas, toalha quente, menu de jantar, sobremesa servida separadamente e outros mimos. Nosso serviço de bordo parece de solo”, afirma. “Também colocamos autoatendimento em Atlanta, com profissionais que falam em português 24/7, o que foi uma demanda de vocês”, afirmou ao trade. “A Delta acredita na importância do agente. Esse é um posicionamento global da companhia, e é no que nos empenhamos no Brasil.”

CONFIANTE NO B767-400
Em relação à chegada do B767-400 para voar de São Paulo a Nova York, a aérea acredita que fisgará de vez o viajante corporativo com sua maior classe executiva e mais três níveis de produto. “As políticas de viagens das empresas são amplas, e o viajante corporativo terá uma oferta desde classe econômica com um excelente serviço, a Comfort Plus, Premium Select e a executiva Delta One”, afirma Camargo…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.