Ahora leyendo:
Aeroporto de Salvador registra crescimento de 30% na movimentação de cargas internacionais
Toda la noticia 3 minutes read

Aeroporto de Salvador registra crescimento de 30% na movimentação de cargas internacionais

Mais de R$ 1 bilhão. Esse foi o montante movimentado em importações em 2019 no Terminal Internacional de Cargas do Salvador Bahia Airport, integrante da rede VINCI Airports. Ao todo, 3.743 toneladas chegaram à capital baiana através do Aeroporto no ano passado, número superior ao de 2018 quando foram registradas 2.257 toneladas.

Somando importações e exportações, em 2019 houve um crescimento de 30% no peso transportado em comparação com o ano anterior, quando a média nacional do mercado aéreo de carga internacional fechou negativamente em -20,6%, de acordo com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Os setores com maior representação na importação de mercadorias foram o metal-mecânico (47%), seguido pelo de tecnologia (35%) e químico (8%). A proeminência das indústrias metal-mecânicas no volume de importações está relacionada, por exemplo, à fabricação de equipamentos para geradores de energia eólica. Segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia (SDE), o estado é líder nacional em geração de energias renováveis, atraindo investimentos de indústrias como Siemens Gamesa, Alstom e General Electric.

Com um parque instalado de 4 GW, até 2023, ainda de acordo com a SDE, a capacidade de geração de energia eólica no estado deve aumentar em +50% com investimentos avaliados em R$ 8,5 bilhões e mais de 30 mil empregos diretos e indiretos gerados, potencializando o desenvolvimento das indústrias do setor.

Nacionalização de cargas

Entre os principais diferenciais oferecidos pelo Aeroporto, estão a conveniência e a segurança de nacionalizar as cargas diretamente no terminal aeroportuário, reduzindo a necessidade de movimentações dos produtos importados. “Queremos potencializar o papel do aeroporto nos elos logísticos da Bahia, agregando valor às cadeias de suprimento e viabilizando novas oportunidades de negócios”, afirma Wagner Rocha, Supervisor de Negócios de Carga do Salvador Bahia Airport. “Além disso, a conveniência e a segurança de nacionalizar as cargas diretamente no aeroporto é um diferencial para os importadores que buscam qualidade no transporte das suas mercadorias”.

Graças a esse trabalho, não foi apenas o movimento de importações que alcançou resultados positivos em 2019. Grande destaque das exportações baianas, 6.652 toneladas de frutas seguiram em direção à Europa através do Salvador Bahia Airport no ano passado.

As grandes estrelas da balança em 2019 foram a manga, representando 85% dos produtos exportados, e o mamão, com 15%. Na avaliação de Rocha, existe “um grande potencial de exportação de outros gêneros alimentícios, que possam levar esta marca ‘made in Bahia’ a mais mesas e vitrines ao redor do mundo”.

Vai e vem – Confira os números das importações e exportações no Aeroporto de Salvador em 2019

Volume de importações por setor

Metal-Mecânico – 47%
Tecnologia – 35%
Químico – 8%
Outros – 10%

Volume de exportações por produto

Manga – 85%
Mamão – 15%

Comparativo entre os anos

Importação
2.257 toneladas (2018)
3.743 toneladas (2019

Exportação
5.409 toneladas (2018)
6.652 toneladas (2019)

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.