Ahora leyendo:
ABEAR defende que setor aéreo não seja onerado no PL 2.337/21 em reunião com seu relator no Senado, senador Angelo Coronel (PSD-BA)
Toda la noticia 2 minutes read

ABEAR defende que setor aéreo não seja onerado no PL 2.337/21 em reunião com seu relator no Senado, senador Angelo Coronel (PSD-BA)

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) defendeu na quarta-feira (22), junto ao relator do Projeto de Lei da Reforma Tributária (PL 2.337/2) no Senado, senador Angelo Coronel (PSD-BA), a manutenção do texto aprovado inicialmente pela Câmara, que mantém o alinhamento às boas práticas internacionais, sem aumento da carga tributária. A ABEAR foi representada pelo presidente da entidade, Eduardo Sanovicz. O encontro contou também com a participação do presidente da associada VOEPASS, José Luiz Felício Filho, e do diretor executivo da empresa, Eduardo Busch.

“É de extrema importância que o texto seja aprovado pelo Senado como foi pela Câmara, sem onerar o setor aéreo. Qualquer custo significativo nas finanças das empresas aéreas comprometeria uma saída da crise e uma retomada sólida”, disse Sanovicz ao senador.

Aviação regional
No encontro, a VOEPASS apresentou o plano de expansão de sua malha aérea regional na Bahia para os próximos meses e discutiu a viabilidade de novas rotas no interior do Estado com o senador. “A Bahia é uma das apostas da VOEPASS na recuperação econômica e turística do país. Estamos confiantes com a retomada e devemos fechar o ano com mais de 40 destinos atendidos no Brasil”, afirmou o presidente da VOEPASS, José Luiz Felício Filho.

Compartir noticia:
Fuente: ABEAR
Input your search keywords and press Enter.