Ahora leyendo:
Acesso ao embarque do Aeroporto terá elevado
Toda la noticia 2 minutes read

Acesso ao embarque do Aeroporto terá elevado

Concessionária inicia execução de novo sistema viário do terminal, que contará com um tipo de viaduto

Enquanto não é liberada pela Justiça para iniciar a ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins, ou Fortaleza Airport, a Fraport já deu início à construção de um novo sistema viário de acesso ao terminal. O Diário do Nordeste apurou que, na via que levará os passageiros à nova área de embarque, na expansão, será construído um elevado – um tipo de viaduto, construído acima das vias atuais.

A reportagem apurou ainda que a nova via irá da área de embarque atual até a locadora de automóveis, mas ainda não há detalhes de quantas faixas terá, nem de qual será o sentido dela. As obras são tocadas pelo consórcio contratado pela Fraport no início do ano, formado pelas construtoras paulistas Passarelli e Método, e deverá ser concluído até outubro de 2019, mesmo prazo para a expansão do terminal.

Na manhã de ontem, a reportagem testemunhou a conclusão da montagem do maquinário que irá bater as estacas das fundações da nova via, que já vinha sendo montado há alguns dias, e ainda faria os primeiros testes de operação. Simultaneamente, a Fraport conduz obras no interior do prédio antigo (onde era o terraço panorâmico, que está sendo modificado para a criação de novos setores) e iniciará em breve a expansão do embarque internacional.

Conforme o Diário do Nordeste havia informado com exclusividade no dia 23 de março, documentos relacionados ao anteprojeto do Aeroporto entregues pela Fraport à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) revelam que o nível de embarque e check-in, hoje no térreo, passará a ser no novo edifício da ampliação do terminal, onde haverá saguões de embarque, bem como totens e balcões de check-in.

Imbróglio judicial

Dos quatro aeroportos concedidos no ano passado, somente em Fortaleza ainda não foram iniciadas as obras de ampliação, por conta do impedimento judicial para demolir os escombros deixados pelo consórcio CPM Novo Fortaleza. Ontem, a Vinci iniciou os trabalhos para expansão do Aeroporto de Salvador. No de Porto Alegre, também administrado pela Fraport, e no de Florianópolis, com a Zurich, as obras foram iniciadas em março…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.