Ahora leyendo:
Aeroporto de Goiânia inaugura área para voos internacionais
Toda la noticia 3 minutes read

Aeroporto de Goiânia inaugura área para voos internacionais

O Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, inaugurou a área internacional na manhã desta segunda-feira (24). O terminal está autorizado a receber embarques e desembarques de outros países. Por enquanto, não há previsão de quando o aeroporto vai operar a primeira viagem internacional.

“A abertura da área internacional é muito importante para Goiás. Temos um potencial turístico muito grande no estado. A gente espera potencializar ainda mais. Há movimentação de cargas no Brasil que podem vir para Goiânia e, além disso, contamos com o crescimento de empregos no aeroporto e fora dele, como hotéis, restaurantes e empresas que queiram investir”, ressalta o secretário estadual de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Adonídio Neto.

A solenidade de inauguração contou com a presença do governador Ronaldo Caiado (DEM), do superintendente do aeroporto, Antonio Sales, que representou o presidente da Infraero, tenente brigadeiro do Ar, Hélio Paes de Barros, e outras autoridades.

Na ocasião, houve a entrega de três documentos da internacionalização do Santa Genoveva: o ato declaratório executivo da Receita Federal; o certificado de segurança operacional, via Agência Nacional da Aviação Civil (Anac); e a portaria da agência que abre o tráfego internacional.

De acordo com a Infraero, o primeiro voo da área internacional estava previsto para acontecer na terça-feira (25). Era um avião, com Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que sairia de Buenos Aires, na Argentina, para a capital. Porém, foi cancelado na tarde desta segunda-feira.

Até a publicação desta reportagem, a Infraero explicou que não há solicitação de voo internacional para o aeroporto, mas destacou que está pronta para avaliar e tramitar os pedidos junto aos órgãos (Receita Federal, Polícia Federal, Anvisa e Defesa Agropecuária) e, assim, atendê-los.

Estrutura para voos internacionais
Autorizado a operar voos internacionais desde a última quinta-feira (20), o aeroporto pode receber serviços aéreos públicos regulares e não regulares, incluindo táxi aéreo e aviação em geral. No entanto, inicialmente, haverá apenas voos executivos, fretados e comerciais com agendamento de até seis horas antes.

Segundo a secretaria, a expectativa é receber futuramente voos regulares. Para isso, é necessário que alguma companhia aérea se manifeste interesse.

A capacidade da área internacional é para 300 pessoas. Além de passageiros, o aeroporto internacional tem um espaço de fronteira apto para receber cargas do exterior, que antes chegavam por Guarulhos, em São Paulo.

Ao todo, a Infraero investiu cerca de R$ 185,5 mil para a internacionalização e mais de R$ 5 milhões em todo o aeroporto. Na infraestrutura aeroportuária houve a instalação de espaços para os trabalhos da Receita Federal, da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Polícia Federal.

Equipamentos de segurança, como raio-x e detectores de metal, bancadas de atendimento e vistoria dos órgãos, sistema de vigilância e nova sinalização foram instalados. Houve ainda a necessidade de adequação da sinalização do terminal e separação de fluxos, visto que os embarques e desembarques internacionais não podem se misturar com os domésticos.

De acordo com a Anac, atualmente, o aeroporto de Goiânia tem capacidade para processar 6,3 milhões de passageiros por ano. Em 2019, mais de 29 mil voos movimentaram cerca de 3 milhões de passageiros. Com uma pista de pousos e decolagens de 2,5 mil metros, o terminal tem capacidade para receber aeronaves de porte do Boeing 737…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.