Ahora leyendo:
LATAM é reconhecida a companhia aérea mais sustentável das Américas e a quarta do mundo
Toda la noticia 2 minutes read

LATAM é reconhecida a companhia aérea mais sustentável das Américas e a quarta do mundo

O Grupo LATAM Airlines foi destacado como o grupo de companhias aéreas mais sustentável das Américas, Europa e Oceania, além de ser o quarto do mundo na edição 2022 do anuário Standard & Poor’s Sustainability (S&P).

51 empresas do setor foram avaliadas por meio de critérios que medem as melhores práticas ambientais, sociais e de governança corporativa. Este ano, a LATAM obteve a categoria Bronze e teve gestão de destaque nas seguintes áreas: Balanço Ambiental e Social, Estratégia Climática, Segurança do Passageiro, Indicadores de Práticas Trabalhistas, Cidadania Corporativa e Filantropia, entre outros.

“Ficamos orgulhosos quando essa parte do mundo é reconhecida por uma organização tão importante quanto a S&P, em uma dimensão que é crítica para todas as empresas hoje em dia. Como grupo, temos muitos planos e muita ambição, estabelecemos metas muito exigentes e nos próximos meses esperamos anunciar novas iniciativas que nos permitirão continuar avançando na proteção dos ecossistemas icônicos da América Latina, na migração para um modelo de zero resíduos para aterros sanitários e para aumentar a nossa capacidade de conectividade em benefício das comunidades do continente”, afirma Roberto Alvo, CEO do LATAM Airlines Group.

“Parabenizamos o Grupo LATAM Airlines por conquistar a categoria Bronze no Anuário de Sustentabilidade 2022, que destaca as empresas com melhor desempenho entre seus pares do setor e em termos de métricas ESG financeiramente significativas. Com mais de 7.000 empresas avaliadas, uma inclusão no anuário é uma verdadeira declaração de excelência em sustentabilidade corporativa”, afirma Manjit Jus, diretor mundial de pesquisa ESG da S&P Global.

Vale lembrar que, no ano passado, o grupo lançou a sua estratégia de sustentabilidade, destacando o seu compromisso com a proteção de ecossistemas estratégicos na América do Sul, a migração para um modelo de zero resíduos para aterros sanitários e colocando a sua capacidade de conectividade à disposição e em benefício das comunidades do continente.

As linhas de ação estratégica foram desenhadas em colaboração com especialistas e organizações ambientais de todo o continente e buscam tornar o grupo uma companhia carbono neutro até 2050.

Compartir noticia:
Fuente: LATAM
Input your search keywords and press Enter.