Ahora leyendo:
LATAM lidera mercado brasileiro pelo terceiro mês consecutivo com 37,8% de participação, segundo a ANAC
Toda la noticia 4 minutes read

LATAM lidera mercado brasileiro pelo terceiro mês consecutivo com 37,8% de participação, segundo a ANAC

A LATAM acaba de ser confirmada como a líder de mercado do setor aéreo doméstico brasileiro pelo terceiro mês consecutivo, de acordo com os dados da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para o mês de outubro, divulgados nesta segunda-feira (22/11). Os números apontam que a companhia ampliou a sua liderança no mercado nacional, chegando a 37,8% de participação (em setembro registrou 37,5%). Além disso, a ocupação das aeronaves da LATAM nos voos nacionais pulou de 83,9%, em setembro deste ano, para 86,1% em outubro.

 “A LATAM Brasil tem ficado cada vez mais atenta aos desejos dos clientes e se prepara para fechar este ano proximo a 100% da malha doméstica e da oferta de assentos recuperadas. Em alguns Estados, a retomada tem atingido níveis superiores se comparado com o ano de 2019, abrindo mais opções de voos e novos trechos para os brasileiros”, afirma Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil. “A nossa liderança pelo terceiro mês consecutivo mostra que os esforços que temos feito para sermos mais competitivos e eficientes são percebidos também pelos passageiros, que nos têm escolhido para voltar a voar pelo Brasil”, completa. 

Em outubro, mês avaliado pela ANAC, a LATAM operou 82% da sua oferta doméstica de assentos (medida em ASK*) em comparação com outubro de 2019 (período anterior à pandemia). Se comparado com setembro de 2020, a oferta de assentos dobrou (220%). Ao todo, foram 478 voos nacionais diários, que transportaram 2.251 milhões de passageiros durante todo o mês passado. Em setembro, esse volume havia sido de 2 milhões.

 

Mais destinos no Brasil

 Mais eficiente, a LATAM conseguiu começar a voar para Comandatuba, Juazeiro do Norte e Petrolina neste segundo semestre de 2021. Em dezembro, vai estrear voos para Jericoacoara e Vitória da Conquista. Até o primeiro trimestre de 2022, a companhia deve começar a voar para Juiz de Fora, Sinop, Cascavel, Caxias do Sul, Bauru e Presidente Prudente. Em paralelo, já estuda adicionar mais outros 10 destinos nacionais na sua malha aérea até dezembro de 2022.

 

Reconhecimento mundial

 A LATAM acaba de completar 10 meses como a empresa aérea mais pontual do mundo, com quase 96% dos voos no horário programado no Brasil, segundo dados da consultoria Cirium. O mesmo ocorre em relação às operações mundiais do Grupo LATAM, sendo o mais pontual de acordo com o ranking OTP (On-Time Performance) da consultoria OAG. A LATAM ocupa posições de destaque nestes rankings desde 2018.

 Além da liderança de mercado no Brasil, a LATAM conquistou recentemente importantes reconhecimentos, tendo sido eleita “Companhia Aérea Líder na América do Sul” e “Marca Aérea Líder na América do Sul”, segundo a World Travel Awards 2021. Ambos os prêmios – pelo segundo e sexto ano consecutivos, respectivamente, – destacam os atributos operacionais e de serviço sob a perspectiva dos executivos que atuam na indústria de viagens e turismo, bem como o público em geral.

 O Grupo LATAM Airlines também foi reconhecido como “Melhor Companhia Aérea da América do Sul” na edição deste ano do Skytrax World Airline Awards, considerado o “Oscar” da aviação mundial. Esse reconhecimento tem como base a opinião de mais de 13,4 milhões de passageiros de todo o mundo. Além disso, foi premiada com o “Prêmio COVID-19 de Excelência Aeronáutica”, em função das suas medidas de segurança e higiene adotadas durante a pandemia.

 O Grupo LATAM Airlines também foi classificado na categoria “Diamante” da certificação Health Safety da APEX (Airline Passenger Experience Association), promovido pela consultoria de marketing especializada em aviação SimpliFlying, sendo o primeiro grupo de companhias aéreas da América do Sul a ser classificado nessa categoria, a mais alta do ranking.

 No Brasil, a revista Panrotas publicou a lista “Os 100 Mais Poderosos do Turismo” e dentre eles estão o CEO da LATAM Brasil, Jerome Cadier, e o diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil, Diogo Elias. A publicação levou em consideração os profissionais que fizeram a diferença durante a pandemia da Covid-19.

 Por fim, a LATAM Cargo teve seu reconhecimento como case de negócio pharma/vacinas, na categoria Especialista em Supply, no prêmio Value Chain 2021, promovido pela consultoria especializada Value Chain Consultoria, em parceria com a Nidec Global Appliance e TOTVS. O transporte de fármacos tem crescido mensalmente e, por meio do Programa Avião Solidário, desde o começo da pandemia da Covid-19, foram transportadas mais de 138 milhões de doses da vacina, de forma gratuita, para todas as regiões do País.

 

*ASK: sigla em inglês para Assentos‐Quilômetros Oferecidos

Compartir noticia:
Fuente: LATAM
Input your search keywords and press Enter.