Ahora leyendo:
MPF aciona companhias aéreas por abusos em remarcação de passagens
Toda la noticia 40 second read

MPF aciona companhias aéreas por abusos em remarcação de passagens

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) anunciou, ontem, que acionou as companhias Avianca, Azul e Passaredo, além da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), por conta dos valores cobrados quando da rescisão ou remarcação de viagem, considerados abusivos ao consumidor. O MPF/PA já havia ingressado contra a Gol e a Tam.

De acordo com a ação civil pública, além da exigência de valores acima do permitido em lei, o prazo de sete dias para arrependimento não está sendo respeitado. Por parte da Anac, o MPF verificou conduta omissiva no seu dever legal de regular e fiscalizar os serviços aéreos, imprimindo infrações à legislação…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.