Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Ahora leyendo:
Aeroporto de Brasília finaliza 2022 com mais de 13 milhões de passageiros
Toda la noticia 3 minutes read

Aeroporto de Brasília finaliza 2022 com mais de 13 milhões de passageiros

O Aeroporto de Brasília encerrou 2022 com um fluxo de 13,4 milhões de passageiros e mais de 126 mil pousos e decolagens. O número representa um aumento de 28% da movimentação de pessoas se comparado com 2021, porém, o fluxo de pessoas ainda é 19% menor que o registrado em 2019, antes da pandemia.

Este movimento coloca o terminal brasiliense como o 3º aeroporto mais movimentado do país, ficando apenas atrás dos dois maiores aeroportos paulistas.

A recuperação do movimento internacional em 2022 também foi importante. Três destinos foram retomados e, com isso, o crescimento no número de passageiros foi 350% maior que 2021. O tráfego aéreo internacional foi de 2.844 pousos e decolagens, e o fluxo internacional de passageiros entre embarques e desembarques para o exterior foi de 407.067 pessoas. Hoje os passageiros podem voar direto da capital federal para seis destinos: Lisboa com TAP, Panamá pela Copa Airlines, Cancún, Miami e Orlando com a GOL e Buenos Aires pela Aerolineas Argentinas. Em março deste ano a Latam voltará a operar o destino direto para Lima no Peru.

O Aeroporto de Brasília também se consolidou como um dos maiores centro de conexão de voos domésticos do país. Atualmente o aeroporto atende 45 cidades brasileiras. “Fortificamos Brasília como um hub da Gol e da Latam. Somos o único terminal aéreo com ligação para todas as capitais do Brasil, possibilitando além do acesso aos principais centros urbanos, uma conexão e integração com o interior”, explica Juan Djedjeian, vice-presidente da Inframerica.

Ao longo de 2022, o Aeroporto de Brasília ampliou ainda mais seu mix comercial e durante o ano, 22 marcas abriram 25 novos negócios no terminal aéreo. Atualmente, os passageiros podem encontrar mais de 140 operações no aeroporto que vão desde lojas e cafés, a bares e restaurantes. Além disso, em 2022 a Inframerica, concessionária do aeroporto, divulgou o lançamento das obras do seu projeto de desenvolvimento imobiliário. A expansão da zona aeroportuária está sendo executada por meio de parcerias, que incluem, entre outros empreendimentos, um shopping e um centro de logística, ambos já em construção. “Nossa meta é oferecer aos nossos passageiros a melhor experiência no nosso aeroporto. Além de conforto, praticidade e diversas opções comerciais, a Inframerica é referência na operação e administração do terminal aéreo” , explica, Juan.

A administradora também fecha o ano com a certificação nível 2, que trata da redução das emissões de carbono, concedida pelo Conselho Internacional de Aeroportos para América Latina e Caribe (ACI-LAC). O prêmio reconhece o esforço da Inframerica para gerenciar e reduzir as emissões de carbono no terminal brasiliense. “Trabalhamos para que nossa operação seja cada vez mais sustentável. Temos diversos programas ambientais em execução na área de eficiência energética e consumo consciente. Em 2023 devemos seguir com novos projetos. Nosso objetivo é decolar para um mundo cada vez mais sustentável”, conta Djedjeian.

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.