Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Ahora leyendo:
Com dezembro superior a 2019, malha aérea internacional do Brasil fechou 2022 com 366 novos voos ou frequências adicionais
Toda la noticia 3 minutes read

Com dezembro superior a 2019, malha aérea internacional do Brasil fechou 2022 com 366 novos voos ou frequências adicionais

O ano em que a retomada do turismo se concretizou foi também o período em que a conectividade do Brasil com o mundo subiu de patamar. Em dezembro de 2022, a malha aérea internacional brasileira registrou 105,4% da operação exibida em 2019, salto alcançado devido ao incremento de 366 novos voos e frequências internacionais computados ao longo do ano.

De acordo com a Gerência de Inteligência Mercadológica e Competitiva da Embratur, de janeiro a dezembro de 2022, 178 voos e 188 frequências adicionais entraram em operação no Brasil. O mês de novembro se destacou neste quesito, com 40 voos consolidados e outras 60 frequências iniciadas.

Os dados apurados junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e empresas aéreas corroboram com o empenho da Embratur em ampliar a conectividade do Brasil com o mundo, com o objetivo de fomentar o turismo no país.

Em 2022, a Agência intensificou as reuniões com companhias aéreas mundiais e abordou o tema durante diversas ações internacionais, como feiras e eventos. Na New York International Travel Show (NYITS), por exemplo, realizada em outubro, Embratur, Azul e Gol confirmaram a retomada de cinco voos diretos entre Manaus e os Estados Unidos.

No mesmo mês, em Londres, durante a World Travel Market (WTM), a LATAM anunciou novos voos ligando o país à África do Sul, a partir de julho de 2023, em cerimônia dentro do estande da Embratur. A rota será operada em três voos semanais de cerca de nove horas de duração, ligando as cidades de São Paulo e Joanesburgo.

Em outubro, outra articulação importante ocorreu na Feira Internacional de Turismo (FIT) da América Latina. Em Buenos Aires, após reunião com a Embratur, a GOL confirmou que aumentaria o número de voos semanais entre Brasil e Argentina de 42 para 77 até o fim de 2022. O número é superior ao registrado em janeiro de 2019, quando a companhia operava com 63 voos semanais da Argentina para o Brasil.

A expectativa para o ano de 2023 também é de crescimento. Ainda conforme dados levantados pela Embratur, estão previstas, mais de 180 novas conexões até julho de 2023 – entre voos novos, retomadas de voos e frequências adicionais de rotas internacionais já existentes.

Entrada de turistas estrangeiros

Diante de uma conectividade ampliada, o Brasil registrou em 2022 um número animador de entrada de estrangeiros. O país superou a marca de 3,1 milhões de turistas estrangeiros recebidos pela primeira vez desde 2019, ano anterior à pandemia. O dado captado pela Embratur, em conjunto com o Ministério do Turismo (MTur) e a Polícia Federal, foi registrado entre janeiro e novembro de 2022 e já foi superior aos últimos dois anos somados: 2020 (2,1 milhões) e 2021 (745,8 mil).

Compartir noticia:
Fuente: Embratur
Input your search keywords and press Enter.