Ahora leyendo:
Iata alerta: viajantes podem ser penalizados caso se recusem a usar cobertura facial
Toda la noticia 2 minutes read

Iata alerta: viajantes podem ser penalizados caso se recusem a usar cobertura facial

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) emitiu um comunicado que pede aos viajantes que usem cobertura facial durante a viagem para a segurança e proteção de todos os passageiros e tripulantes contra a Covid-19. De acordo com testes da Universidade de Edimburgo, a cobertura facial, quando usada adequadamente, pode reduzir em 90% a propagação do novo coronavírus por meio de gotículas da boca.

Em nota, a Iata informa que o uso de cobertura facial é a principal recomendação dentre as orientações da Organização da Aviação Civil Internacional (Oaci) para operações seguras durante a pandemia, desenvolvidas em conjunto com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e os governos.

A associação reforçou ainda a necessidade dos passageiros cumprirem essa recomendação após relatos recentes de viajantes que se recusaram a usar a cobertura facial durante um voo. “Embora isso se restrinja a poucos indivíduos, alguns incidentes a bordo tornaram-se violentos, resultando em desvios caros e extremamente inconvenientes para retirar esses passageiros da aeronave”, informou a associação.

“Este é um apelo ao bom senso e à responsabilidade. A grande maioria dos viajantes entende a importância da cobertura facial tanto para eles quanto para os outros passageiros, e as companhias aéreas agradecem esse esforço coletivo. Mas uma pequena minoria cria problemas. A segurança é prioridade da aviação e o cumprimento das instruções de segurança por parte da tripulação é lei. O não cumprimento pode colocar em risco a segurança de um voo, interromper a experiência de viagem de outros passageiros e afetar o ambiente de trabalho da tripulação”, disse Alexandre de Juniac, CEO da Iata…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.