Ahora leyendo:
Nova retomada no setor de aviação: Kleber Meira, CEO da BH Airport
Toda la noticia 3 minutes read

Nova retomada no setor de aviação: Kleber Meira, CEO da BH Airport

Já é possível ver a luz no fim do túnel. Após um mês de abril marcado por turbulências, em função da disseminação do coronavírus em todo o país, o setor de aviação voltou a respirar e já registra aumento na demanda de voos comerciais.

No Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, a expectativa é que 370 mil passageiros passem pelo terminal ao longo de maio, um aumento de 10% em relação a abril. Já em junho, esse número deverá chegar a 440 mil, com a proximidade da temporada de férias. Em julho, a expectativa é alcançar o fluxo de 560 mil passageiros, o que representará 65% da movimentação no prépandemia.

Esse resultado já havia sido atingido em dezembro de 2020, com o aumento da demanda em função da alta temporada de verão. No entanto, com a chegada da segunda onda de Covid- 19, foi inevitável uma redução no fluxo de passageiros, em fevereiro, março e abril, e um impacto no setor de turismo em todo Brasil. Esse panorama começou a mudar em maio. Nas últimas semanas, registramos crescimento de 15% na movimentação de passageiros e aeronaves.

O pátio do aeroporto já começa a ter maior volume de aeronaves, e já é possível perceber mais pessoas circulando pelo terminal. Com o início das operações da Eastern Airlines, previstas para o início do segundo semestre, o cenário tende a se transformar ainda mais, além de Minas ganhar em conectividade com os novos voos para Miami, Nova York e Boston.

Sem falar na chegada da Itapemirim.

As aeronaves da companhia aérea já começaram a chegar ao Brasil, e, no dia 30 de junho, teremos o primeiro voo comercial no aeroporto, com grandes chances de sermos um hub também da empresa, assim como já somos da Azul Linhas Aéreas.

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte segue evoluindo, se modernizando e apostando em um cenário que traga mais alento ao mercado.

Mesmo na pandemia, inauguramos novas lojas, como Living Heineken, Nescafé e Forneria Ouro Preto e, em breve, teremos ótimas novidades.

A retomada se mostra uma nova realidade, embora haja um longo caminho pela frente até que boa parte da população esteja completamente vacinada, mas precisamos ser otimistas, porque estamos no caminho certo para fortalecer o terminal como importante ativo do Estado.

Tanto o Grupo CCR, que arrematou recentemente mais 15 aeroportos, quanto a Zurich Airport, que hoje são acionistas da BH Airport, concessionária que administra o aeroporto, estão confiantes no Brasil. Mais que isso, tem no aeroporto a certeza da realização de grandes projetos. Até porque estamos centralizados no meio do Brasil, com localização geográfica privilegiada. De Minas Gerais, temos acesso a 70% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, voando apenas uma hora. O Estado faz fronteiras com sete Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Goiás, Distrito Federal (Brasília) e Mato Grosso do Sul…

Compartir noticia:
Input your search keywords and press Enter.